Conte sua história

O Blog croche.com.br está completando 3 anos! Tudo começou com a postagem da FLOR CATAVENTO que é utilizada com muita frequência nos trabalhos apresentados aqui no blog e para mostrar a nossa maneira de fazer resolvemos fotografar um passo a passo, desde então não paramos mais.

Se bateu aquela curiosidade para ver o primeiro passo a passo que postamos, CLIQUE AQUI.

Hoje o blog já conta com uma grande variedade de passo a passo e nosso objetivo é postar cada vez mais. Não podemos deixar de agradecer as artesãs que colaboraram neste período enviando passo a passo e agradecer a todos vocês por compartilhar as postagens fazendo com que elas alcance cada vez mais pessoas que buscam nesta arte uma maneira de gerar renda extra, ocupar a mente ou recuperar-se de momentos difíceis.

Nestes 3 anos recebi algumas histórias (enviadas por e-mail, nos comentários e no Facebook). Histórias de recomeço, expectativa de ganho, felicidade em encontrar o blog e fazer um trabalho, superação… as histórias recebidas são uma verdadeira lição e injeção de ânimo, a cada mensagem recebida tenho certeza que vale a pena todos os momentos dedicados à esta página e que precisamos comemorar todos os dias!

Sou muito grato a cada visita. Fico muito feliz ao ler as mensagens que vocês enviam, por isso resolvi criar este cantinho para comemorarmos juntos os 3 anos de criação desta página. Espero que possamos nos conhecer cada vez mais, trocar ideias e ajudar uns aos outros… utilize o campo COMENTÁRIOS no final desta página e me conte, qual é sua história?

Quer uma ajudinha com algumas perguntas?

Viram como sou curioso :) :) Então agora vá até o final da página e me conte!

 

46 comentários em “Conte sua história

  1. Olá, comecei a fazer crochê a uns 30 anos atrás, hoje estou com 52 anos. Não sabia fazer nada,mas depois que peguei na agulha foi maravilhoso. O crochê me salvou de uma depressão, me fez botar a cabeça pra funcionar, pesquisar, pensar, me distrair e me orgulhar do que faço. Estar sempre aprendendo e ensinando. Sei que não sou uma crocheteira de mão cheia como muitas por aí, mas gosto muito do crochê. É prático, pois a qualquer lugar que você vá, dá pra levar uma linha e uma agulha…E fico feliz quando pego alguma coisa pra fazer e consigo terminar com um resultado cada vez mais bonito.
    Amo este blog e o grupo no face. Parabéns e obrigada por serem tão prestativos! Abraços

    1. Que legal Silvana. Pra mim, ser “crocheteira de mão cheia” é fazer com amor, dedicação e carinho… por suas palavras vejo que tudo isso faz parte do seu trabalho e fico feliz por estar bem. Eu que agradeço o carinho e depoimento!

      Forte abraço e tudo de bom sempre.

  2. Eu aprendi os primeiros passos quando estava no ginásio,isso já se vão mais de 45 anos. Agora,como estou sem trabalhar fora,recomecei no croche. E o primeiro trabalho que fiz foi através do seu blog – Trilhos de mesa flor de lótus – adorei!!!!! ficou lindo e acabei me apaixonando por trabalhos que tenham flores. Já fiz várias receitas suas,só não vendo, dou de presente ou para meu uso. E ainda não perdi a fé de vc fazer o passo a passo da capa para galão de água, que é lindissimo!!!!!
    Agora conte-nos a sua historia Samuel Ramos.
    Muito obrigada pelas postagens,paciência e amor pelo trabalho.

    1. Muito legal Silvana! As flores realmente agregam muito ao trabalho e vale a pena fazê-los.
      Silvana, a capa de galão não consegui autorização pra fazer o passo a passo, mas continuo tentando.

      (um pouquinho da minha historia)
      Faço crochê a pouco tempo, mas minha família sempre fez não só crochê mas outros artesanatos também como ponto cruz e pintura por exemplo. Convivendo com tanta beleza não tinha como não aprender, o dia que resolvi pegar na agulha e linha rapidinho aprendi os primeiros pontos (professoras não faltavam :) ) No início não tinha muitos gráficos ou passo a passo e achava que seria impossível fazer um trabalho olhando outro pronto, mas me lembro que uma vez resolvi “arriscar” e não é que o trabalho ficou bem parecido? Hoje já consigo criar algumas peças e compartilhar o aprendizado com vocês é uma maravilha!

      Grande beijo Silvana, que Deus abençoe a todos nós sempre.

      1. Parabéns Samuel, seus trabalhos são lindos. E muito,mas muito obrigada mesmo por passar seus passos a passos para nós. E que Deus te ilumine sempre.

  3. oieee…. Comecei a fazer crochet aos 12 anos e nunca fiz direito, começava e não concentrava… rsss… Foi aí que neste ano à espera de uma cirurgia, na ansiedade, comecei a fazer crochet, para desestressar, fiz uns tapetes horrorosos, (mas q to usando até hoje para provar minha evolução) aí quando estava indo para Goiânia fazer a cirurgia, pelo celular, achei seu site, aprendi a fazer a primeira flor, ai o tapete já ficou uma gracinha, más mesmo assim eu não tinha noção de como fazer o acabamento direito, e a minha amiga Raquel me deu esse suporte, e sempre peço socorro para ela, não vendo, faço por prazer para família e amigos, seu site é o melhor pois não tenho paciência para vídeo e ele ensina direitinho. Obrigado por estar ao meu lado nesta hora difícil, más que graças a Deus estou vencendo.

    1. Olá Natalia, espero que esteja bem. Fico muito feliz por ajudar de alguma forma e por saber que o site junto com sua amiga Raquel fazem parte de sua evolução. :)
      Espero que logo esteja totalmente curada e confeccionando peças lindas. Um grande beijo e tudo de bom sempre!!!

  4. Oi!Eu aprendi a fazer crochê num projeto que frequentava aos 12 anos,mas só o bem básico como as correntinhas mesmo.Depois disso meio que esqueci pois ninguém mais incentivou para que eu continuasse..Quando me casei a 3 anos atrás despertou meu interesse novamente ao querer fazer as barrinhas para minhas toalhas e panos de prato.Comprei algumas revistas,minha sogra me orientou,mas fiquei só nisso.Queria mais!Queria fazer tapetes,meus jogos de banheiro! E ano passado na febre da Corujinha encontrei seu passo a passo na web e amei o seu blog,seu jeito de explicar,e consegui fazer meu primeiro trabalho em barbante.Depois disso comecei o jogo de banheiro de camélia e até entrei em contato por email com você agradecendo e pedindo um conselho rsrsrsrs.Faço tanto para mim quanto para vender. Amanhã irei fazer meu cartão do Artesão!
    Deus continue te abençoando e obrigada por compartilhar esses trabalhos maravilhosos conosco!

    1. Que legal ver sua história aqui Scheila! Seus trabalhos são lindos e fico muito feliz por sua evolução, cofesso que corri la no e-mail para rever seus trabalhos :) :)

      Um grande beijo e tudo de bom sempre!

  5. OLÁ EU AMO CROCHET DESDE CRIANÇA OLHAVA AS TOALHINHAS DE MINHA MÃE E PENSAVA QUERO FAZER EU TINHA UNS NOVE ANOS,MAS TINHA UM PROBLEMA EU SOU CANHOTA E MINHA MÃE NÃO CONSEGUIA ME ENSINAR E ELA ERA COSTUREIRA SEMPRE MUITO ATAREFADA COM MEUS IRMÃOS MENORES AI EU DECIDI APRENDER SOZINHA DESMANCHEI UM PEDAÇO DE UMA TOALHINHA E FUI FAZENDO E DESMANCHANDO E FOI ASSIM QUE APRENDI E AGORA DEPOIS DE MAIS DE 40 ANOS SIGO FAZENDO CROCHET,LEMBRO QUE MEU PASSATEMPO DE MOCINHA ERA NAMORAR REVISTAS DE CROCHET NA BANCA RSRS ERAM CARAS,NEM SEMPRE PODIA COMPRAR CHEGUEI ATÉ FAZER UM TAPETE INDO VÁRIAS VEZES NA BANCA OLHAR.ERA UM TAPETE ENORME DE CAPA DE REVISTAS,O DONO DA BANCA DEVE TER DESCONFIADO MAS NUNCA FALOU NADA RSRSRS,HOJE A GENTE CONTA COM BLOGS MARAVILHOSOS COMO ESSE,OBRIGADO PELA DEDICAÇÃO.BEIJOS

    1. Que legal Edis! Ainda bem que os tempos mudaram :)
      Fico feliz em poder compartilhar um pouco no meu trabalho aqui e encontrar pessoas batalhadoras como você. Grande beijo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

A moderação de comentário está ativo. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

Desenvolvido por: GIRO HOST
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.