Qual o melhor barbante para crochê? | Croche.com.br

Qual o melhor barbante para crochê?

Um determinado fio solta tinta? O mais escuro mancha o mais claro? Veja o teste para não correr este risco!

A resposta não é tão simples, quem faz crochê sempre tem preferência por uma marca, espessura ou textura de fio. Sabemos que espessura de fio varia de acordo com a peça a ser produzida e se analisar bem, a textura também precisa ser levado em conta. Ex. uma tapete para colocar na porta de entrada, se for muito macio e leve corre o risco de ficar escorregadio então uma textura mais firme seria o mais indicado, mas isso é papo pra muitas e muitas horas de crochê.
Outro ponto que conta muito na hora da escolha do barbante/fio é: As cores serem firme, não soltar tinta durante a lavagem. Não podemos correr o risco de produzir uma peça e ao lavar ficar toda manchada e perder todo o trabalho não é mesmo?
Vou apresentar pra vocês dois exemplos:

Acima a imagem do resultado que fiz com os fios que não soltam tinta. Já na imagem abaixo você pode notar que o vermelho contaminou o fio branco…

 

Nas duas imagens podemos ver claramente que um barbante solta tinta durante o processo de  lavagem e contamina o barbante branco. Se a espessura, textura ou marca é sempre uma escolha pessoal, escolher entre o que solta tinta ou não não é uma escolha necessária e unanimidade entre todos.

Como fazer a escolha correta?
       Quem faz crochê a bastante tempo já tem um certo conhecimento entre um barbante e outro, este conhecimento não pode deixar você ficar sem experimentar um novo produto já que sempre estão lançando novidades. Já quem está iniciando acaba se deparando com essa a dúvida se o fio mancha ou não. Pensando nestas possibilidades resolvi preparar um teste e disponibilizei o resultado aqui pra vocês, vejam:
Comprou o fio e está em dúvida? Antes de iniciar seu crochê vamos ao teste.
Retire um pedaço do barbante colorido a ser testado
Retire um pedaço de barbante branco
Neste teste estou utilizando duas marcas diferentes para que possam ver o resultado.
    
Em um copo descartável, coloque uma colherinha de sabão em pó (ou sabão líquido). Use pouco sabão.
Coloque água e mexa bastante pra dissolver o sabão, em seguida pegue os dois pedaços de barbante (um pedaço branco e um pedaço colorido) e molhe antes e em seguida mergulhe no copo com água e sabão.
Deixe de molho por cerca de 30 minutinhos, em seguida retire e veja se o barbante branco ficou contaminado com a cor do outro barbante.
As vezes acontece de soltar um leve tom de cor na água, mas em seguida esfregue com as mãos os dois barbantes juntos, enxague e veja se continua manchado.
No meu teste, um manchou e o outro não, veja:
 
 Para que não sobre nenhuma dúvida fotografei os dois juntos pra que possa comparar.
Devo fazer a seguinte observação:
Mesmo que você já utilize um determinado barbante, sabe que ele normalmente não solta tinta já que alguns barbantes ecológicos não sofrem processo de tingimento… precisamos tomar alguns cuidados.
Ao iniciar um trabalho, guarde o número de lote do seu produto (guarde o rótulo dentro do cone) Se ocorrer algum problema certamente o fornecedor do barbante vai cuidar de corrigir o problema, porem precisará do número de lote do produto para analisar e lhe oferecer uma solução.
O número de lote é importante também em outros casos. Se você está confeccionando uma peça e o barbante acaba é sempre bom comprar um novo cone do mesmo lote para continuar o trabalho, assim você garante cor uniforme ao seu trabalho.
Outro cuidado que devemos ter é seguir as orientações de lavagem que estão no rótulo. Ás vezes, você nem percebe, mas sabia que uma peça pode ter se desgastado ou soltou tinta porque você não lavou do jeito certo?
Estes cuidados devem ser transmitidos aos seus clientes para que tenham uma peça sempre linda em sua casa.
Para entender melhor os cuidados que devemos ter com a lavagem vejam esta sequência dos símbolos:
1ª Coluna – É o símbolo da lavagem, que envolve temperatura, enxágue, centrifugação e instruções pra lavar a peça à mão ou não.
2ª Coluna – É de alvejamento, que indica o uso ou não do cloro no processo da lavagem.
3ª Coluna – Corresponde ao processo de secagem, que pode ser natural (em varal) ou em tambor (na secadora roupas), e como ela deve ser feita.
4ª Coluna  – este símbolo mostra as recomendações na hora de passar, se ela pode ser passada à ferro e qual a temperatura ideal pra isso. A quantidade de pontinhos indica o grau de temperatuda, já quando está riscado significa que não se deve utilizar o ferro de passar.
5ª Coluna  – O último símbolo fala sobre a limpeza a seco. Mas com esse, você não precisa se preocupar tanto, essas informações são pra equipe da lavanderia, quando a sua peça precisar de um tratamento mais profissional.
Conte pra gente sua experiencia e forma de escolher o seu barbante preferido! Só não deixe de fazer uma coisa, CROCHÊ 🙂
 
Até a próxima.

124 comentários em “Qual o melhor barbante para crochê?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Moderação de comentário está ativada. Seu comentário pode demorar algum tempo para aparecer.

    1. Oi, Jaqueline! Aqui eu explico como você deve fazer o teste rápido com qualquer fio que você tenha para ver se ele mancha ou não. Independente da marca pode acontecer erro no tingimento do fio e isso pode causar as manchas, mas sabendo disso antes de fazer todo o trabalho você vai reclamar antes de perder uma peça inteira. 🙂
      Forte abraço!

Desenvolvido por: DAMONTE HOST
Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.